Natal, Natal, Natal!

Iniciei a contagem decrescente para a melhor altura do ano: o Natal. Este tema, aviso desde já, vai ser recorrente, até finalmente, chegarmos ao seu encontro. Hoje quando percebi que já existem enfeites nas lojas, não cabia em mim de contentamento. A minha paixão por esta época, tem aumentado exponencialmente nos últimos anos. É que o Natal está associado a coisas deliciosas. Lareiras, comidinhas boas, músicas de Natal enquanto passeamos na rua, a compra dos presentes para quem gostamos. Estou ansiosa pela iluminação nas ruas, nas casas, fazer a árvore de Natal com a minha mãe… Mas para além de todas estas coisas, que tanto me fascinam nesta data, existe uma que se sobrepõe a todas. Durante esta época, algo em nós, muda. Ficamos mais frágeis, sentimos a necessidade de dizer coisas, que até aí soubemos ir escondendo. Sentimos saudades, com mais força, que noutra altura qualquer. E sim, ficamos mais solidários, pensamos mais nos outros. Algo que tanto gostaria, que se prolongasse, para o ano seguinte. Mas não falemos de coisas tristes, porque o Natal vem aí e isso tem de ser sempre um bom pensamento. Um conselho: vivam o Natal nestas pequenas coisas. Nas músicas, nas luzes e principalmente, nas pessoas. O Natal não está ao alcance da carteira, evitem tentar compra-lo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: