Um pequeno tesouro

Passou uma semana, mas continuo a digerir tudo o que vivi naquela maravilhosa tarde. Este encontro tão feliz, esta intrigante partida do destino, fez-me passar todos estes dias a pensar no conceito de ‘família’. O significado desta tão poderosa palavra, que já mudou um sem fim de vezes na minha cabeça. Já foi triste, magoado, desiludido e cheio de revolta. Depois estagnou e foi simplesmente tranquilo e conformado. Hoje em dia é amplo, cheio de vida e vazio dos clichés que lhe são habitualmente associados. A família perfeita não existe. Nas sábais palavras de Tolstói ‘Todas as famílias felizes são iguais. As infelizes são cada uma à sua maneira.’ Temos de perceber que o mundo mudou em todos os sentidos e nós mudamos com ele. Eu vivi quinze anos a acreditar, que a minha família era como um forte, impenetrável, que tudo ficaria assim para sempre. Um dia as coisas mudaram e por mais que este tipo de mudanças custe, a vida tem de continuar. Pelo que tenho vindo a perceber, está na moda sermos uns meninos traumatizados e aproveitarmo-nos disso para vivermos em constante lamento. Desculpem mas não tenho feitio para seguir a tendência. Aprendi que faz todo o sentido, tentarmos ver sempre o lado positivo das coisas, obviamente, depois de termos sarado as feridas e de estarmos bem connosco próprios. Com todas estas confusões familiares, aconteceu algo absolutamente maravilhoso e que me inspirou para escrever hoje estas palavras. Um dia acordei e tinha ganho uma irmã. Nesta história não existem laços de sangue, mas é também a prova, de que ‘família’ ganhou uma dimensão tão diferente para mim e tão especial. Ter ganho uma irmã, foi o melhor presente que o destino me podia ter reservado. Aquela pequenina figura que fui vendo crescer, tem de mim um tipo de amor que cresce sempre que olho para ela. Que cresce sempre que ela me vê e que corre de braços abertos para mim. Que cresce sempre que me despeço dela e sinto o meu coração encolher. E é por tudo isto, que aceito tão bem o rumo que a vida foi tomando. Dentro de minutos ela vai chegar e a felicidade que isso me dá, faz com que tudo o que um dia passei, para hoje estar, aqui, valha a pena.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: