Reino do silicone

A beleza tem vindo a adquirir um estatuto, que se vai sobrepondo a tudo o resto. Maior exemplo disso é a televisão. A grande maioria das caras que vemos todos os dias no ecrã, não foi escolhida pelo seu brilhante currículo, ou pelo seu talento nato. Tudo isso foi esquecido, porque alguém decidiu que um bom corpo e uma cara bonita, supostamente rendem mais, ou tem mais interesse para o espectador. É por isso mesmo, que a nossa televisão está cheia de devoradores de fama e de pessoas cujos objetivos são vazios e ocos, sem a mínima profundidade. A única vantagem desta mudança é que a escassez de talento pode ser incrivelmente cómica. Por mais beleza e sensualidade que a apresentadora ou o apresentador possam ter, o desconforto e a falta de jeito, acabam por se tornar ridiculamente engraçados. Mas se pensarmos que essas mesmas pessoas tiraram emprego a quem realmente estudou, a quem realmente batalhou por esse lugar, a situação perde metade da piada. Para quem acha que estou a exagerar ou a fazer uma absurda generalização, deixo-vos o exercício de fazerem um pequeno zapping pelas televisões portuguesas. Se nunca o fizeram vão descobrir que se pode sentir vergonha alheia. Eu dou por mim, a senti-lo inúmeras vezes e a pensar ‘Como é que isto é possível?’ Mas pronto, mais uma vez é este o mundo em que vivemos e ao que parece na luta entre o talento e o silicone, o segundo leva a melhor. 

One thought on “Reino do silicone

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: