Aprendizagens

A vida é uma constante aprendizagem quer o queiramos quer não, quero o reconheçamos ou não. E uma aprendizagem nunca é um ato isolado, muito menos finito. Uma aprendizagem tende a levar a outra e em algumas vezes, o passar do tempo obriga a que façamos reaprendizagens. O nosso próprio percurso neste mundo é assim, um estudo, uma análise. Estudamo-nos a nós, estudamos os outros e estudamos mil e uma coisas, em que muitas vezes o nosso interesse não está presente e a nossa vontade não é questionada. Essas aprendizagens são mais penosas, obrigam a que nos moldemos a fascínios que não nasceram connosco e a que procuremos respostas a perguntas que não fizemos. Mas hoje percebo que não podem elas, por esse mesmo motivo, ser menosprezadas. Muitas vezes os nossos não-interesses não são mais do que o fruto do nosso desconhecimento continuado, da nossa preguiça pueril. Mais uma vez aproveito um desses clichés, para consumar a história dizendo que efetivamente ‘o saber não ocupa lugar’. Vamos pesquisar, procurar, analisar, pensar, repensar, fazer, agir.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: