A dois

Há coisas no mundo que foram feitas para se viver a dois. O encantamento quase sobrenatural da visão de um pôr-do-sol sabe melhor quando se tem alguém a quem dar a mão. Uma vitória por mais que precise de ser celebrada primeiramente no íntimo, só é completa quando partilhada. Um final de tarde quente, algures no meio de Julho, onde se abre uma garrafa de vinho bem fresco, precisa de dois copos que se beijem no final. Quando se finda um dia mau, haverá sempre uma cabeça que precisa de um ombro, um corpo que precisa de um colo. No escuro de uma noite de cinema, há sempre ma manta que se estica para dois, um pé que frio que encontra outra e se aconchega. Haverá sempre um trilho que merece ser percorrido a quatro pés. Quem ama partilha e na equação do amor, o egoísmo não cabe. O amor faz espaço, abraça e acolhe. Já dizia o saudoso Caetano, quando agente gosta é claro que agente cuida.

Anúncios

4 thoughts on “A dois

  1. Mariana diz:

    lindo lindo! posso roubar??

  2. tecas diz:

    como sempre nao ha palavras para descrever

  3. Margot diz:

    Entendido com o ❤ !!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: