Para a minha mãe

O melhor presente que posso dar neste dia tão especial são obrigatoriamente as minhas palavras. Não são materiais mas são palpáveis e vão em formato de cafuné. Eu tenho uma super mãe-galinha e gosto. Ralho que me farto quando me enche o telefone de mensagens e chamadas e quando ela decide moderar a coisa, entro em pânico e sou eu que lhe encho o dela. Ser mãe, imagino eu, e lá chegaremos, deve ser uma missão difícil, provavelmente a mais difícil que a vida traz, mas a minha faz com que pareça fácil. De todas as ligações que fui tendo e tenho hoje, nenhuma se consegue comparar à ligação entre mãe e filha. A definição de amor incondicional só pode advir dessa mesma ligação. A minha mãe é a minha casa, o meu porto seguro e a única voz que quando diz ‘vai correr tudo bem’ me faz acreditar nisso e não temer o que aí vem. Durante nove meses nos fomos um só e talvez isso transmita a dimensão do que nos une. Por todas estas razões e uma infinidade de outras, todos os dias são dela. Feliz dia da Mãe.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: