A vida é boa

Há dias assim. Acordamos rabugentos, é quase Junho e ainda chove e os olhos ainda estão colados na inércia do sono. Vestimos a roupa que se equilibra no tronco da cadeira e lá vamos nós ainda a tropeçar, encarar o Mundo. Paramos no café, na expectativa que a matinal poção mágica nos desperte os sentidos e nos desentorpeça o pensamento. Mas os dias nunca são todos iguais e para quem o permite, ás vezes deliciosas surpresas acontecem. Quando me despeço, o Sr, Borges diz-me ‘obrigado por ser minha amiga’ e no caminho para a faculdade uma freira agiganta o seu sorriso e exclama ‘Bom dia minha linda!’ E são estas pequeníssimas coisas que me obrigam instantaneamente a parar de resmungar e a pensar que a vida no final de contas, é tão boa de se viver.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: