Mudam-se os tempos

Dizem que com a mudança dos tempos se mudam as vontades o que é apenas e só uma maneira de suavizar que as vontades não são mais do que as pessoas. Há quem diga que ninguém muda e que o tempo só leva a poeira e destapa o véu do que sempre esteve lá. Não digo que isso não possa ser verdade, mas não é a regra. Eu vejo as pessoas mudarem. Não é coisa que se capte a olho nu, nem acontece assim do pé para mão mas para quem decide ver para além do óbvio, as diferenças estão lá. Existem obviamente diferenças boas. Diferenças necessárias até. Eu decidi que não poderia continuar a ser um bicho ao acordar, por exemplo, e o mundo agradeceu. Mas quando a diferença que vemos é apenas estranha e não traz compreensão, por norma apenas magoa e cria incerteza. Quando a mudança vem torta parece que leva o que até então era genuíno e supostamente intrínseco a essa pessoa. Verdade seja dita, isto são tudo males de quem pensa demais e de quem decide fazer perguntas ao que todos os outros decidem apenas cruzar os braços e aceitar resignadamente. Eu sou adepta do doloroso e aborrecido ato de remoer de forma absurda e continuada e sim, falhada na maioria das vezes. Esta coisa de sermos todos adultos assim de repente é chato e há alguns não assenta nada bem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: