Nós somos todos Charlie

Quando a morte é justificada através da religião algo de muito errado está a acontecer. Quando armas são empunhadas com este tipo de leviandade e pessoas inocentes são mortas a sangue frio, a nossa resignação torna-se indesculpável. A brutalidade dos acontecimentos dos últimos dias tem obrigatoriamente que nos despertar, que quebrar o nosso silêncio. A liberdade das nossas palavras foi conseguida através da luta dos que sabiam o que ela realmente vale. Essa luta é do nosso conhecimento partilhado, é parte do nosso património mais rico mas fomo-la tratando como um bem adquirido porque felizmente não conhecemos a dureza de o mundo sem ela. Eu sou pelas palavras. Eu sou por um mundo que conhece o poder da fala, o poder de nos fazermos ouvir. As únicas armas que merecem e devem ser empunhadas são as nossas palavras. Que se enganem os que creem ser possível calar o mundo. Esta é uma luta comum que abarca todos os que são pela liberdade de expressão, todos os que não vão largar a caneta e todos os que não se vão calar. Esta é a luta dos que vão gritar mais alto, dos que vão ousar e não ter medo. Eu acredito e pretendo fincar o pé ao único mundo onde quero continuar a viver, um mundo onde armas não são religião e onde todos juntos não baixaremos os braços a quem nos quer calar. Nós somos todos Charlie.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: