Singularidades de uma sociedade standard

Quando olho à minha volta, com a precisão e a vontade que só encontro nos meus olhos, não consigo deixar de me desiludir. Não vejo a evolução normal de uma sociedade que cresce através do seu próprio questionamento. Não vejo uma sociedade consciente dos seus próprios problemas nem vejo alicerces e estruturas para uma futura erradicação dos mesmos. A evolução aconteceu mas foi tão tecnológica e tão virtual que não foi além desse mundo impalpável. As lentes com que observo este mundo mostram-me uma realidade que me desconsola e que só com muita força interior não me desmotiva. Vejo o rebanho estupidamente alinhado. Vejo tudo padronizado, tudo normalizado, tudo ridiculamente manipulado. Não vejo ousadia, extravagância, irreverência nem a dose certa de loucura. Vejo o cinzento da nossa bonita melancolia a ser em demasia o que nos reflete. E eu não consigo não me perder nesta monotonia porque sei que há muito mais além disto. E quando sufoco numa cadência infinita de pessoas iguais, com ambições e objetivos que são sempre o que se esperaria delas, eu fujo. Imagino que a fuga seria diferente se houvesse um avião para iniciar o escape mas enquanto não o há, fujo como sei e como sempre soube. Afundo a rotina na eterna descoberta e redescoberta que encontro nos livros e nos filmes. E nessa loucura aos olhos dos outros em que me desligo temporariamente daqui, eu vejo a minha sanidade emergir. É uma terapia de choque a que vou recorrendo quando me angustia andar por um mundo que pretende criar um tipo de pessoa standard e quando tudo o que para mim faz sentido é diferente. E quando regresso do meu habitual e indispensável refúgio mental, percebo também que é este o meu mundo e que é nele que terei que batalhar. No fim de contas eu não idealizo nada de ilusório, só quero viver num mundo que celebra as nossas singularidades e não as pretende moldar nem domesticar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: