O regresso

Quem viaja reconhece que a verdadeira viagem nunca é a que podemos medir em km nem a que nos leva até um qualquer destino. A verdadeira viagem é sempre aquela em que a nossa cabeça e o nosso espírito mergulham. Obrigar os nossos olhos a ver mais além e principalmente a ver diferente, a procurar novos ângulos no prisma. Saborear outros temperos, outros costumes e outros modos de ver e viver a vida. Colher o que para nós pode fazer sentido e ponderar novos começos ou novas vontades. Voltar de barriga cheia e de animo renovado. Fugir da rotina para relembrar o que realmente importa e rir muito, rir desenfreadamente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: