Este é o momento

Se estar aqui podia ser mais recompensador? Não, não podia. Se chego a casa muitos dias exausta e se sinto que o meu cérebro chegou ao seu limite? Sim, definitivamente. Muitos são os dias em que chego a casa já quase sem conseguir abrir os olhos e sem haver a mínima possibilidade de estabelecer algum tipo de raciocínio lógico. Mas aqui descobri que o cansaço pode ser bom.

Hoje é mais um desses dias, em que chego a casa exausta mas de coração cheio. Missão cumprida. Será que estou a mudar o mundo? É uma questão difícil. Dizer que sim parecerá absurdo e demasiado presunçoso da minha parte, mas também não sinto que dizer que não faça sentido.

O meu trabalho coloca-me onde me sinto em casa, junto das pessoas. Sim há muito trabalho de escritório, muitas horas em frente ao computador, mas também há o contato direto com as pessoas, o momento em que vou além do papel e conheço a história. Estar envolvida em projetos que só ambicionam dar melhor qualidade de vida às pessoas é onde quero estar. Procurar sempre melhores soluções, caminhos mais curtos e formas de promover continuidade e sustentabilidade. Acima de tudo estabelecer a ideia de ‘ensinar a pescar e não de dar apenas a cana’.

Ainda estou numa estranha fase de aprendizagem, na fase em que tenho de me consciencializar de que tem obrigatoriamente de haver uma linha que separa o que posso fazer e o que gostaria de fazer. Uma linha que me facilite o dizer que não, uma linha que me impeça de querer lacrimejar quando ouço tantas histórias que me obrigam a relativizar todos os meus pseudo problemas. É impossível não sentir que às vezes os meus dramas pessoais são questões tão ridiculamente artificiais e quase mesquinhas.

A minha única certeza é a de querer mais e melhor. Trabalhar duro todos os dias, estabelecer um princípio de seriedade e um nível de rigor que me obrigue a ser persistente e a nunca desmoralizar. Sinto-me ciente de que este é o meu momento ou pelo menos um dos que me levará onde quero chegar. Não quero que nada me chegue numa bandeja e por essa mesma razão, a luta continua e eu tenciono estar todos os dias com a mesma força à entrada no campo de batalha.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: