Esteio

É um nano segundo.

Tão ínfimo como

uma micro partícula de ar atmosférico

a criar revolta por entre as folhas queimadas

de um inverno demasiado espesso.

Tanto de breve como de instantâneo,

como esse primero café,

numa noite de frio polar,

onde as horas nos escaparam por entre os dedos

e o locutor de rádio se calou

para nos ouvir divagar sobre tudo e sobre nada.

Quase microscópico,

invisível aos olhos,

passível de ser mágico

e de pertencer a outros mundos não terrestres.

 

Mas nesse compasso de tempo,

cabe de repente o meu mundo inteiro,

e quão pesado é já esse mundo que carrego.

E pela primeira vez,

eu sinto onde me pertenço.

Sinto que o amor não tem morada.

E que contigo,

cheguei finalmente a Casa.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: